(62) 3281 9229

ESMEG

Escola Superior da Magistratura do Estado de Goiás

Desembargador Romeu Pires de Campos Barros

← Voltar

AÇÃO CONJUNTA

Esmeg e Ejug passam a atuar de forma conjunta na sede da Asmego

A Escola Superior da Magistratura do Estado de Goiás (Esmeg) e a Escola Judicial do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (Ejug-TJGO) passam, a partir de hoje, a atuar de forma conjunta, com calendário de cursos unificado. A parceria é resultado de termo de cooperação técnica, assinado ontem pelo presidente do TJGO, desembargador Gilberto Marques Filho; presidente da Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego), juiz Wilton Müller Salomão; diretor da Esmeg, juiz André Reis Lacerda, e presidente da Ejug, desembargador Gerson Santana Cintra.
Pelo termo, ficou estabelecido que a Ejug funcionará na mesma estrutura da Esmeg, localizada na sede da Asmego. “Com localização excelente, próxima ao Fórum Criminal e de fácil acesso ao Civil, será um ótimo lugar para oferecer cursos, eventos, e palestras”, afirmou Gerson Santana Cintra.
Diretor da Esmeg, o juiz André Reis Lacerda destacou que a parceria vinha sendo estudada há muito tempo e dará novo impulso ao trabalho desenvolvido por ambas as escolas, em razão da convergência de esforços. “Será possível atender a demanda de forma capitalizada e racional, em uma estrutura adequada e concentrada”, ressaltou, lembrando que os servidores da Ejug em breve passarão a atender na estrutura da Esmeg.
Conforme destacou o presidente do TJ, a Esmeg foi criada em 1986 para atender juízes e desembargadores com cursos de formação profissional. Em 2015, foi instituída a Ejug, que passou a ter a competência educacional.
Para o presidente da Asmego, Wilton Muller, o trabalho uníssono de ambas as escolas é salutar. “A Asmego está à disposição do Tribunal de Justiça de Goiás, a fim de contribuir com projetos e atividades, com intuito de aprimorar a atividade judicial”, afirmou.
Participaram do ato o vice-diretor da Ejug, juiz auxiliar da Presidência Clauber Costa Abreu, e a secretária-geral da Ejug, Manuela de Castro.

© ESMEG | Escola Superior da Magistratura do Estado de Goiás | 2018